Os momentos mais escolhidos pelos leitores vividos por Monalisa


    Galera, estava morrendo de saudades de vocês. Não sei se havia comentado que faria uma postagem referente a Monalisa. Não me recordo no momento, mas sei que estava na lista de espera no caderno de anotações. Se não dão a mínima para spoilers, não terão problemas com a postagem a seguir, mas se sim, passe o mais distante possível (HaHaHaHaHa)! Para os que vão ler divirtam-se e não deixem de comentar o que acharam, mas  para quem quer apenas saber se a história terá seu prosseguimento, abaixo tem uma observação marcado por estrelas! 

✰  [SPOILER ALERT


     Olá pessoas, espero que estejam bem. Estou empolgada para esta postagem, mas antes de darmos início, ressalto que há diversos SPOILERS. Bem galera, Monalisa é meu primeiro livro publicado. E decidir escrever algo especial sobre, diante dos feedbacks que venho recebendo, tanto positivos quanto negativos. Fiz uma breve pesquisa com alguns leitores e a grande maioria me impressionou. Selecionei algumas partes que mais agradaram esse público, e impressionantemente muitas delas foram escolhidas "após o acidente com a protagonista".
     Monalisa, não é nenhum pouco fácil, assim como sua família. A mãe ausente e a irmã pentelha, são mesmos difíceis de suportar. Em meio a tantas divergências, os bons sentimentos se encontram presentes nas personagens, mesmo que raros, durante o enredo. Restando para Lisa (Monalisa Fiorenzzo), agir da maneira que lhe convém, muitos momentos imatura, concordam?
   Para a felicidade da criatura aqui (sim, eu mesma Danielli Belo), fui questionada se a história haveria ou não continuação. Bem, só revelarei no final da postagem (serei um pouco má HaHaHaHaHaHaHaHa). Vamos ao que interessa, apresento-lhes doze momentos de MONALISA DESENHANDO A MORTE, mais optados pela galera!!


1. O flagra que "ocasionou" o acidente

Oi? Como assim? Calma, que logo vou revelar. Minerva (mãe de Lisa) e Ella (irmã), planejam a festa do décimo oitavo aniversário da pintora, com direito a vestes épicas, máscaras e perucas. Porém o que era pra ser uma noite mágica, termina se tornando uma celebração trágica, rimou né? Pena que o que não combinou, foi Lisa ter visto seu amado aos beijos com outra.


Espero que um dia possa me perdoar Lisa ☹


2. Lisa é atingida por um raio

Pesado não? Bem, após presenciar a traição do namorado, Lisa sente-se humilhada fugindo da própria festa, abandonando os convidados e se jogando na forte chuva lá fora. O que a pintora não esperava, era ser acertada por uma forte descarga elétrica, devido ao colar que usava. Pobre Lisa, só queria um momento sozinha, difícil ver o namoro "conto de fadas" se desfazer dessa maneira, não é?


Fique tranquila, acho que gostará um pouco do que esse episódio te proporcionou 

3. Movendo-se, depois de dias desacordada

Não neguem o quanto ficaram preocupados com estado de Lisa. Pensei inúmeras vezes o que escreveria, após esse fato. Primeiramente sabia qual sentido dar a história, mas ao fluir dela, reescrevi diversas situações, até ficar nessa mesma. Lisa passa dias em coma, até mover os dedos como uma forma de se comunicar com suas parentes. Minerva se alegra com o pouco retorno da filha, mas o que a pintora não esperava, era que sua vida mudaria dali por diante.


Sorria enquanto é tempo, não terá motivos para muito logo depois


4. O primeiro contato com os desenhos, após a tragédia

De volta pra casa, Lisa sente os primeiros sintomas do seu poder ainda no trajeto. De início sua irmã acredita ser devido ao clima frio. Como uma maneira de amenizar a dor e o trauma ela desenha, já que é uma das coisas que mais ama fazer e nota que a ilustração responde aos traços que delineou. Incrédula toca o desenho e sua mão o atravessa, o que a assusta mais.



O que mais pode acontecer? 

A pergunta que não que calar. O que ela fará a seguir? Contar ou não? Será que não parecerá louca? Depois de ser acertada por um raio, ficar dias em coma, poderia sua mãe acreditar que seriam efeitos colaterais do acidente. Quem não ficaria perturbado, diante de tantas possibilidades, que antes pareciam impossíveis? Bom e vocês, o que fariam?


É melhor mesmo começar a rezar Monalisa 

5. Adeus com gosto de vingança

O que Lisa não esperava era a visita do ex, ainda mais flagrando-a testando seus poderes. Admirado ele ousa atravessar o portal criado por ela, mesmo diante de tantos avisos, o "embuste" como disse uma leitora, teve o que mereceu. Comido por um réptil num pântano da Flórida, Lisa o assistiu morrer com tamanha satisfação.


Da próxima vez, evite a janela aberta mocinha

Fingido comoção diante das noticias e buscas feitas pelo paradeiro de Derick, Lisa tenta disfarçar ao máximo, o quanto não se continha de felicidade. 


Lisa o que gostaria de dizer para ele pela última vez?
Ah! Um tchauzinho sarcástico, tudo bem então

6. As compras conturbadas entre mãe e filha

O noivado da desmiolada Antonella (Ella) se aproxima e as preocupações de Lisa aumentam cada vez mais. Como uma das milhares de tentativas de se reaproximar da filha, Minerva vai às compras com Lisa, que ultimamente vem acordando de pesadelos, os confundindo com a vida real. Fazendo-a questionar sua sanidade, o passeio com mãe não é diferente, vivenciando o acidente, que também não se passa de um mau sonho ou seria alucinação? 


Respira fundo ao menos esse acabou, tá bem?


7. O noivado catastrófico da irmã

Lisa pressentiu que o evento não terminaria bem, mas como alertaria sua família, sem que a taxassem de louca ou perigosa? Caso revelasse seus poderes?
Parece que as coisas não andam bem para nossa italiana e menos ainda com a festa de noivado de Ella, que quase fora acertada por um lustre. Assistindo por fim o desenrolar de uma colisão de carros na frente da própria casa.
  

Corra mesmo, vai que algo te acerte de novo


8. Passagem para Milão, contra a vontade

A grande vontade de conhecer seu pai poderia ser realizada, finalmente Lisa o veria ou achou que sim. Em mais um de seus deslizes, Ella descobre um de seus feitios. Após mais outra confusão, Lisa cede as suas ameaças, concordando em levá-la para Milão. Onde morava o pai delas.


Nem tudo é azul ou nem todo azul é bom?

Teimosia é um defeito muito presente em Ella, contra a vontade da irmã e ciente de inúmeros avisos, a advogada (Ella), resolve levar na viagem Layla (melhor amiga de Lisa) e Suzana (melhor amiga de Ella). A princípio as amigas se espantam com os dons de Lisa, mas ainda assim acompanham as Fiorennzo até a casa do pai. Como não poderia terminar em tragédia?
Suzana morre após ingerir uma bebida suspeita e as três viajantes sobreviventes fogem, afim de voltarem  para casa.


"Eu avisei Antonella"
Sim Lisa você a alertou inúmeras vezes


9. Quem traiu a nossa protagonista ao lado de seu ex

Durante a fuga, os poderes de Lisa se embaralham (a leitura de mentes, a capacidade de criar portais e a realização imediata de seus desejos). Layla deixa um pensamento escapar, revelando sem intenção que traiu Lisa com o ex morto, na festa de aniversário dela. Tomada de ódio, Lisa deseja sua morte, o que não demora muito a acontecer. Layla que caminhava pelos trilhos, caiu sobre eles, um trem a esmaga, não dando-lhe tempo para escapar.


Será que tem como ficar pior?


10. Ella parte dessa para melhor?

Mais um portal, mas infelizmente não as levando para casa e sim para o cenário catastrófico em Oklahoma. Tudo está praticamente aos pedaços e Lisa também. Numa tentativa de descobrir onde estavam, Ella vai a procura de informações, mas ao voltar para avisar a irmã, o teto desaba sobre ela, matando-a. Lisa fica desolada, a pedido de Ella retorna para casa, para cuidar da mãe e continuar sua vida, mesmo em cacos.


Grita Lisa, o mais alto que puder, coloque toda sua dor pra fora


11. Despertando do longo coma

E se eu dissesse a vocês, que todas essas tragédias vividas por Lisa, foram apenas sonhos ruins que a acompanharam durante o coma, acreditariam? Eu mesma ficaria chateada, bem nem tanto. Apesar de me imaginar em diversas aventuras fictícias, essa seria uma da qual não gostaria de viver e não desejaria para ninguém. Lisa desperta e Ella é a primeira a presenciar seu retorno ao mundo real. Mesmo incrédula a ficha da pintora cai, agradecendo no fundo por tudo não ter se passado de diversos pesadelos. Hummm será mesmo?
  

Vamos para casa, acredito que agora você possa descansar com tranquilidade


12. E se tudo que a pintora sonhou fosse mesmo acontecer?

Voltando para casa, Lisa questionar-se por alguns fatos se repetirem, com o que viveu de mentira (digamos assim). Porém nada de formigamento nos dedos, íris brilhosas e  visão no escuro, o que fez nossa protagonista respirar de alívio. Porém chateando-se por Derick e Layla ainda estarem vivos. Bem, já não é novidade que Monalisa adora cutucar onça com vara curta. Intrigada com os acontecimentos irreais, que tal rabiscar a parede só pra testar se vai mesmo vivenciar todas aquelas catástrofes atraídas por ela?
Após o teste, nada ocorreu. Com um sorriso no rosto, Lisa dá as costas para a paisagem que terminou, mas os traços do desenho lhe respondem. Virando-se novamente Lisa encara o portal boquiaberta, temendo o que vinha por aí.


Calma Lisa, logo você vai está de volta para nos contar o que anda acontecendo em sua vida


Houveram momentos dos quais me questionei o que deveria ou não ter acrescentado na história, mas pensando bem, não a terminaria nunca, se pretendesse alterá-la tanto. Isso segue nas que continuo escrevendo, uma hora isso teria de ser mostrado, bom ou não, aqui estamos!
Pessoal, gostaria de agradecer imensamente por acompanhar a trajetória de Lisa. Pelos feedbacks positivos e negativos, por disponibilizar o tempo de vocês para conhecer essa história. Pelo carinho, pelo amor, por tudo que vocês vem me proporcionando! Eu amo vocês de todo o coração, obrigada aos parceiros e aos leitores por me ajudarem nessa postagem! Espero que em breve possam me acompanhar em uma outra história ♥♥♥♥


Tenho mais outra novidade para vocês, Monalisa não terá continuação, mas aparecerá em outra história. Também com o resto da família, mais adulta e saberemos enfim de que lado ela estará, do bem ou do mal! 

Convenhamos, Monalisa de vez em quando, nada mais quer do que ver o mundo pegando fogo, não é mesmo galera?




  
© Danny Belo - 2015/2016. Todos os direitos reservados. Criado por: Janaína Magalhães. Tecnologia do Blogger. imagem-logo